17 de dezembro de 2020

Cores 2021 Pantone: a combinação do amarelo “Illuminating” e do cinza “Ultimate Gray”

 

Já virou tradição! Desde 2000, em dezembro o Pantone Color Institute elege a “cor do ano” que se torna tendência na moda, design e decoração. E, se sempre há uma expectativa em cima desta escolha, para 2021, com o atual cenário mundial, ficamos ainda mais curiosos.

 

Desta vez, a empresa americana optou não apenas por uma, mas duas cores: o amarelo “Illuminating” e o cinza “Ultimate Gray”. Essa é a segunda vez que isso ocorre – em 2016, as escolhidas foram o rosa “Quartz” e o azul “Serenity”.

 

A novidade é que pela primeira vez o Instituto escolheu um tom de cinza. Além disso, as cores eleitas foram adicionadas no início de 2020 ao catálogo da marca.

 

 

Para os especialistas da Pantone, com tudo que está acontecendo atualmente, nenhuma opção sozinha conseguia entender o significado do momento. Ainda de acordo com eles, a cor “Illuminating” remete a brilho, vivacidade, animação e um aconchego que lembra o calor do sol. Já o Ultimate Gray transmite solidez e confiança.

 

O cinza também pode ser considerado uma referência ao ano “cinzento” de 2020, devido à pandemia do novo coronavírus. E o amarelo, uma alusão à luz do sol e a esperança de dias melhores.

 

Por isso, o resultado é uma combinação que, segundo os especialistas da empresa americana, transmite um sentimento de força e positividade. Tudo o que precisamos para 2021!

 

Como é feita a escolha da(s) cor(es) do ano

 

A pesquisa do Instituto é feita com especialistas de diversas áreas. Eles se baseiam não só nos tons, mas também nos acontecimentos do mundo e qual é a mensagem que se quer passar para o próximo ano.

 

Em sua primeira edição, a cor escolhida foi o azul “Cerulean” ou  “cor do milênio”. A ideia era confortar a população que estava assustada com o “bug do milênio”, que teoricamente aconteceria na virada de “99” para “00”. Por isso, o tom escolhido foi um azul claro, como da cor do céu, para tranquilizar e transmitir que tudo ficaria bem.

 

Em 2002, o “TrueRed” representava os atentados de 11 de setembro. Um vermelho que servia de alerta para o mundo. Já em 2017, a Pantone elegeu o tom de verde “Greenery”, que reflete os primeiros dias da primavera, quando a natureza se renova. Por isso, ele trazia o simbolismo de recomeço e de otimismo, feito em resposta a um “mundo estressante e tenso”. E em 2021, como não poderia deixar de ser, as escolhas remetem à pandemia e oferecem uma mensagem de otimismo para o próximo ano. Você gostou da escolha?

 

 

Para conferir outras tendências de cores para 2021 que nós já falamos no Blog das Cores, clique aqui.  E se quiser receber as atualizações do nosso blog em primeira mão, inscreva-se na nossa newsletter.

 

Um Comentário em “Cores 2021 Pantone: a combinação do amarelo “Illuminating” e do cinza “Ultimate Gray”

Celia
28 de dezembro de 2020 em 15:24

Amei as cores
Porque trabalho com artesanato
E posso pintar minha 🏡

Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *