24 de março de 2020

Psicologia das Cores: transmita sensações em seus ambientes

A Psicologia das Cores é um estudo que identifica o que cada cor transmite ao nosso cérebro. Com isso, é possível criar sensações e emoções através do uso adequado delas. Na decoração, a psicologia das cores pode te auxiliar a transformar uma sala de estar em um ambiente mais receptivo, o quarto mais favorável ao descanso, e assim por diante.

 

Portanto, entender o que cada cor representa ajuda não só a deixar sua casa mais bonita como também a transmitir os sentimentos corretos para os moradores e visitantes. Saiba mais logo abaixo!

 

Entendendo a Psicologia das Cores

Na decoração, a psicologia das cores é uma peça-chave para compor um ambiente. Quando bem aplicada, ela se torna parte importante do espaço. Mas, como o principal intuito dela é causar estímulos, é necessário entender para além da aplicação da cor. 

 

Todo o contexto do local também precisa ser compreendido, ou poderão ocorrer abusos no uso das cores e, com isso, o espaço fica confuso. Trabalhar com contrastes, por exemplo, auxilia na tarefa, pois é uma técnica que ajuda a transmitir o significado de cada tonalidade. 

 

Como usar o preto na decoração

Psicologia das Cores - sala de estar com tinta preta

Foto: Pinterest / Reprodução

Cor que transmite nobreza e elegância, o preto utilizado da forma correta pode fazer a diferença. Entretanto, pelo fato de ser uma cor pesada, é preferível que ele seja utilizado em detalhes, para realçar áreas distintas. 

 

Nas paredes, por exemplo, seu uso pode ser por meio de uma tinta de acabamento fosco, que torna a superfície riscável. Porém, cuidado: o preto em excesso deixa o ambiente pesado e triste. Além disso, pode dar a sensação de que ele está menor.

 

Leia mais: como aumentar a sensação de espaço nos ambientes

 

Como usar o branco na decoração

Psicologia das Cores - sala de estar com tinta branca

Foto: Pinterest / Reprodução

De acordo com a psicologia das cores, o branco traz a sensação de pureza, limpeza e frescor. É uma cor curinga, porque cai bem em qualquer ambiente. Todavia, seu uso em excesso deixa a casa sem vida. Sendo assim, se optar por protagonizar o branco na decoração, utilize pontos de cor nos ambientes.

 

Cinza no ambiente

Psicologia das Cores - sala de estar com revestimento de cimento queimado

Foto: Pinterest / Reprodução

Remetendo à modernidade, o cinza é sutil e sofisticado. Dependendo do tom escolhido, ele dá a sensação de amplitude do branco ou de achatamento do preto. Além disso, pelo fato de ser uma cor neutra, transmite imparcialidade.

 

Aplicando o verde

Psicologia das Cores - sala de estar com tinta verde

Foto: Pinterest / Reprodução

O verde remete à renovação, calma, equilíbrio, tranquilidade e vida, principalmente em tons mais claros. Por isso, é uma boa cor para quartos e salas de estar. Ajuda quem deseja um ambiente mais revigorante, e é muito associado à saúde.

 

Como usar amarelo

Psicologia das Cores - sala de estar com tinta amarela

Foto: Pinterest / Reprodução

Cor que transmite alegria, claridade e calor. Utilizada em uma das paredes do ambiente pode ajudar a equilibrar a luminosidade natural em casas que não têm muita entrada de luz.

 

O amarelo também é bom para escritórios e home office por estimular a criatividade. Em cozinhas e salas de jantar, por sua vez, ele estimula o apetite. 

 

Usando vermelho nos ambientes

Psicologia das Cores - sala de estar com tinta vermelha

Foto: Pinterest / Reprodução

Quando utilizado com moderação, em apenas uma parede, o vermelho instiga as pessoas que estão no lugar à confiança e à paixão, e ainda torna o espaço requintado. Entretanto, utilizá-lo em demasia provoca cansaço visual. 

 

Azul na decoração

Psicologia das Cores - sala de estar com tinta azul

Foto: Pinterest / Reprodução

Transmite calma, tranquilidade, confiança e paz de espírito. Por isso, o azul é uma ótima cor para quartos, salas e até banheiros. 

 

Quando usado em excesso, causa a sensação de monotonia. Por isso, é uma cor que pede complemento a outros tons, podendo ser utilizada em um único ponto do ambiente para receber o devido destaque. 

 

Entendeu mais sobre a psicologia das cores? Então aproveite para escolher os tons que podem fazer a diferença nos ambientes da sua casa! Separamos algumas inspirações bem legais lá no Pinterest para te dar ideias de como pôr a mão na massa. Se você curtiu nossas dicas, não deixe de assinar nossa newsletter para ficar por dentro de tudo!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *